terça-feira, 19 de abril de 2016

"CAOS NA FAMILIA": LEIA ESSE LIVRO!

“Não importa como você foi criado, a partir da leitura desta obra, aprenda que você pode fazer diferente sendo obediente a Deus. Assim, sua família estará segura!”. (Pr. Leonardo Alves de Almeida)

Realizamos dos dias 06/03 até 10/04 nossa campanha pelas famílias de nossa igreja. Nosso tema abordado foi “famílias que vencem”. Foram mensagens diversas, programas especiais, e o cerne da campanha: os devocionais familiares. Deus nos falou poderosamente! Se você não se inteirou ainda do valor da família, procure se sintonizar o mais rapidamente possível, lembre-se que: “nenhum sucesso na vida compensa o fracasso dentro de casa”.

Para coroar esse tempo de reflexões em família no domingo passado tivemos o lançamento de meu livro com o título de “caos na família: toda desobediência será castigada”. Foram vendidos cerca de 150 exemplares, e o saldo, mais do que o financeiro foi de que vidas foram alcançadas com exposições bíblicas que impactarão a nossa vida familiar.

Já está em curso a segunda edição do livro, e ele será lançado em várias cidades do nosso Estado, e através do formato e-book ele chegará a várias cidades do Brasil e, quem sabe, do mundo! Mas o meu ponto nesse artigo, não é sobre o alcance do livro, mas sim no reforço para uma busca dos valores divinos para a família.

Tenho estado desgostoso com o nível de seriedade de muitos em relação à vida familiar. Divórcios são declarados tão facilmente, que esse fato me faze concordar com uma fala do renomado pr. Jaime Kemp que trabalha há cerca de 40 anos com ministério voltado às famílias, em que certa feita afirmou que é mais fácil pedir o divórcio, hoje no Brasil, do que pedir o desligamento da energia elétrica em nossos lares.

Divórcio é a declaração de afronta ao senhorio de Jesus Cristo! Lembro a você que a palavra “divórcio” na frase “termo de divórcio” (Mateus 19.7) relaciona-se com a palavra usada para “derrubar árvores” e até mesmo “decapitar”. Isso mesmo, o divórcio é sempre uma violência!

Meu segundo livro, em 2017 terá como tema: “o evangelho que se perdeu”, e ele será a integra de três exposições minhas em Marcos 10. E neste livro eu afirmarei que o verdadeiro evangelho implica em reconhecimento do senhorio de Jesus no casamento, na simplicidade de alma de uma criança e na completa independência que temos manter em relação aos bens materiais.

Vou continuar proclamando isso, pois eu creio: solidez na família faz parte da essência evangélica da nossa mensagem. Simples assim.

sexta-feira, 8 de abril de 2016

“CAOS NA FAMILIA”! ESSE LIVRO É PRÁ VOCÊ!

“Sem dúvida este livro, numa leitura curta, profunda e eletrizante, mexerá com a sua mente, fazendo você refletir sobre o relacionamento familiar.” (Pr. Macário)

Entendo que há tempo para todos os projetos que nossa mente humana programa! O sábio Salomão estava com razão quando escreveu:

Eclesiastes 3:1

1 - TUDO tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.

Finalmente chegou o tempo de colocar em um livro o conteúdo de algumas das mensagens que o Senhor tem colocado no meu coração para compartilhar com esse rebanho tão precioso. Por isso, surgiu o projeto para a confecção do livro “caos na família”.

São mensagens que preguei em 2013, extraídas de Genesis 26 e 27, com porções expostas com esmero e contando sempre com a unção do Senhor! O editor do livro foi o pr. Jonas Celestino Ribeiro que registrou o seguinte comentário sobre essa obra e seu autor: “O teu estilo é bem vigoroso, direto, lembra bastante alguns dos profetas bíblicos. Quem tem coragem para mudar, tem coragem de ler mensagens como essas. Livros de autoajuda gospel já estão causando nojo. O povo de Deus precisa de mensagem profética com forte embasamento bíblico.”

Fico com o coração repleto de alegria em apresentar ao meu rebanho esse precioso livro. Estamos juntos há 22 anos e Deus tem sido tão generoso para conosco! Vi muitos de vocês crescerem fisicamente e em sua maioria vi todos vocês crescendo espiritualmente! Sinto-me desafiado a permanecer fiel ao chamado que um dia recebi do Senhor!

Já estou trabalhando no segundo livro (previsão de lançamento em 2017) e sei que também por meio da escrita o Senhor continuará falando ao seu povo! É tempo de enfatizarmos a família, ela tem sido atacada por todos os lados, todos querem o mal dele, e precisamos como crentes, defendermos essa bandeira: a família é ideia de Deus!

E terminando com um trecho da canção que temos entoado nessa campanha: “Aquele que constituiu a família, por ela sempre vai zelar”.

Compre o livro. Leia o livro. Presenteie o livro.


terça-feira, 5 de abril de 2016

QUEM É QUE LHE SUSTENTA?

“Mas os que esperam no Senhor renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão.” Isaías 40:31

O que mais vemos em nossos dias são homens e mulheres correndo! Todos estão atrasados! Todos estão agitados, e por conta disso somos uma geração de cansados! Dentre as preocupações que agitam a alma humana, uma delas está ligada justamente ao nosso sustento. Creio que por mais que se diga para si mesmo a respeito da confiança em Deus, ainda há pessoas em nosso meio que vivem como se tudo dependesse deles e não de Deus!

Somos como o coelho, no filme “Alice no país das maravilhas” que dizia repetidas vezes: “Estou atrasado”.  Falta descanso! Gosto de pensar que Deus descansou ao fim da criação, justamente porque ele se satisfez naquilo que tinha feito. Se não descansamos, é porque nunca estamos satisfeitos!

Cotton Mather (um puritano, sec. XVIII) nos ajuda nesse entendimento:

“Que nos portemos como não tendo a ninguém senão a Deus em nossas aflições: E deixamos que nossas aflições nos façam mais conforme Deus é. E quando tal conformidade estiver sendo efetivada, possamos então dizer: 'Foi-me bom ter sido afligido’”.

Salmos 119:71

71 - Foi-me bom ter sido afligido, para que aprendesse os teus estatutos.

Encontramos sentido em todo o nosso sofrimento quando partimos do pressuposto de que através dele conhecemos mais de Deus! Somos burilados como um diamante no fogo! Deus já começou um precioso processo em nossas vidas, e uma oração que precisamos fazer é: “Senhor, não desista de mim!”.

Gosto de pensar em um Deus que usa as circunstâncias para nos tornar mais dependentes dEle. Por conta desse entendimento que amo a doutrina da providência divina, e descanso no fato de que Deus é soberano, e sabe de tudo o que eu preciso. Posso terminar com o que disse o reformador João Calvino, que lançou luzes sobre essa doutrina em seu sistema teológico: “Nossa fé não tem que estar fundamentada no que nós tenhamos pensado por nós mesmos, senão no que nos foi prometido por Deus”.

terça-feira, 29 de março de 2016

VENDENDO AS LUTAS


“O êxito da vida não se mede pelo caminho que você conquistou, mas sim pelas dificuldades que superou no caminho”.  Abraham Lincoln

Temos de entender que há um propósito especial em Deus na superação das dificuldades. Um psicólogo que passou anos em um campo de concentração na Alemanha nazista, Viktor Frankl dizia que quando aprendemos o sentido do nosso sofrimento, ele passa a ser aprendizado.

Quando olhamos para trás e fazemos um exame retrospectivo de nossas vidas é claro que percebemos que, se não somos o que deveríamos ser ao menos não somos o que éramos. Isso porque crescemos! De um jeito ou de outro o sofrimento nos forjou a sermos melhores!

Gosto demais da posição de John Piper que gosta de dizer que “Deus usa o sofrimento para nos desmamar da autoconfiança e nos fazer dependentes exclusivamente dele”. E ele atesta com o que Paulo disse neste precioso texto:

II Coríntios 1:8-9

8 - Porque não queremos, irmãos, que ignoreis a tribulação que nos sobreveio na Ásia, pois que fomos sobremaneira agravados mais do que podíamos suportar, de modo tal que até da vida desesperamos.

9 - Mas já em nós mesmos tínhamos a sentença de morte, para que não confiássemos em nós, mas em Deus, que ressuscita os mortos;

Logo compreendemos que tudo o que passamos na vida em nossa história como família contribuiu para o nosso crescimento, e para que vivamos o que John Piper tem vivido para ensinar: “Deus é mais glorificado em nós, quando nos satisfazemos completamente nele”.

Muitas vezes limitamos o nosso foco, ao deixarmos de perceber que as aflições podem nos levar para mais perto de Deus, e que o alvo de nossa vida nunca pode ser por uma carreira bem sucedida, mas sim por uma fé robustecida.

Tenho tido que como Jesus, estamos crucificados também entre dois ladrões: os desgostos do ontem e os temores do amanhã! Está na hora de superarmos essa trágica dicotomia! Vamos encarar a vida como uma sucessão de acontecimentos onde não podemos mudar o passado e o futuro ainda não existe, logo temos de pensar no hoje, no modo como agimos em nosso presente.

Viva para a glória de Deus! Que Deus seja glorificado em você na medida em que você se satisfaça totalmente nele!

quinta-feira, 24 de março de 2016

NÃO SE ASSUSTE COM AS TEMPESTADES!

“Quando sua perspectiva está em Deus, seu foco está naquele que vence qualquer tempestade que a vida pode trazer”.  Max Lucado

Essa frase acima me faz lembrar uma passagem bem conhecida na Bíblia, Mateus 8.23-27: o episódio em que Jesus acalma a tempestade em uma travessia do Mar da Galiléia junto com seus discípulos. Jesus estava dormindo no barco, e o vento começou a fazer estragos na embarcação. Os discípulos se desesperam e incomodam a Jesus, até que ele se levanta e profere sua palavra de autoridade sobre toda a ordem criada:

Mateus 8:26

26 - E ele disse-lhes: Por que temeis, homens de pouca fé? Então, levantando-se, repreendeu os ventos e o mar, e seguiu-se uma grande bonança.

Pensando em nossa Campanha, fico imaginando que muitas das nossas famílias têm estado em severas tempestades já há algum tempo! E mesmo Jesus estando dentro do “nosso barco”, ainda tememos por nossa sobrevivência. À semelhança dos discípulos insistimos em clamar quando deveríamos adorar!

É isso o que você acabou de ler! Adorar ao invés de clamar! Há momentos de clamar, mas há outros em que devemos apenas adorar, pois como dizia um cântico do passado: “com Cristo no barco, tudo vai muito bem, e passa o temporal”. A presença de Jesus em nossa família deve nos trazer a esperança de que, a despeito das tempestades nosso lar permanecerá de pé!

Tenho dito e repetido: no fundo o que temos é o problema no nível de nossa confiança. Não confiamos o suficiente, por isso que temos tantos atropelos na nossa vida familiar. Tudo porque sofremos da seguinte dicotomia: falamos que confiamos em Deus e agimos confiados em nós mesmos!

Experimente seguir esse conselho: mesmo com o barco sofrendo naufrágio, confie que quem está nele tem autoridade sobre a tempestade, e pode com uma palavra apenas mandar a nuvem de aflições sobre a sua casa ser precipitada longe! Ele é o Senhor da Família. E o nome dele é: JESUS.

sexta-feira, 18 de março de 2016

AME SEM MEDO DE AMAR!


“Bravo não é quem não sente medo, é quem o vence.” Nelson Mandela

Essa frase acima me faz lembrar um verso bíblico:

I João 4:18

18 - No amor não há temor, antes o perfeito amor lança fora o temor; porque o temor tem consigo a pena, e o que teme não é perfeito em amor.

Tenho pensado sobre o mandamento de amar, e refletido em um princípio que ensinei recentemente em uma mensagem: “O resumo de toda lei é que não há opção para não amar a quem quer que seja”. O amor nunca foi e nunca será uma questão opcional para o cristão. Somos escravos do amor. O testemunho dos cristãos do primeiro século era justamente esse: “vejam, como eles se amam”. Em uma Roma, com uma estrutura social marcantemente escravagista, os cristãos se notabilizavam pela assistência aos menos favorecidos, e preste atenção: independente deles serem ou não cristãos!

O amor não pode ser uma moeda de troca, e nem muito menos uma “estratégia evangelística”. Não podemos amar as pessoas a fim de ganharmos a sua atenção, e fazermos delas nossos “alvos evangelísticos”. Isso é desprezível. Temos de amar as pessoas pelo simples fato delas serem pessoas!

Devemos amar aos não amáveis! E isso me faz lembrar, de um filme que assisti recentemente, sobre a vida do ativista pelos direitos humanos, Gandhi. Numa cena do filme ele aparece lendo a Bíblia, e é injustamente expulso da composição do trem que estava por não aceitar sair da “primeira classe”! E eram cristãos os que o expulsaram a “ponta pés”!

O jornalista Phillip Yansey diz em um dos seus livros que ele estranhava em sua infância o fato de sua igreja (Batista) enviar ofertas aos missionários que atuavam na África, mas os negros não podiam participar dos cultos de sua igreja nos Estados Unidos! Isso é amor? Claro que não.

Amor não é o que o amor diz, é o que o amor faz! Vencer o medo de amar a quem quer que seja é o nosso principal desafio na vida. E na família temos um laboratório incrível de tons e sobretons dos mais diversos, tudo convergindo para a necessidade de amarmos aqueles que nos fazem o mal constantemente. Não abra mão dessa verdade em sua vida: o amor liberta, e segundo a Bíblia: “cobre uma multidão de pecados”, I Pedro 4.8.

segunda-feira, 14 de março de 2016

IGREJA BATISTA DESVIADA

Posicionamento da Coalizão Batista Conservadora sobre a Igreja Batista em Pinheiro/AL. Conheça a Coalizão Conservadora através do site: www.coalizaoconservadora.com.br /email: coalizaoconservadora@gmail.com
“Ao ilustríssimo Sr. Presidente da Convenção Batista Brasileira,

Pr. Dr. Vanderlei Batista Marins

A Coalizão Batista Conservadora, grupo de comunhão formado de batistas que zelam pelas nossas doutrinas e que não tem caráter ou intenções sectárias ou separatistas, vem perante a Diretoria da CBB, representada pelo irmão, apoiar uma manifestação oficial de nossa denominação acerca do fato ocorrido na Igreja Batista do Pinheiro, em Alagoas, fato largamente divulgado nas mídias sociais, a fim de reafirmarmos nossas convicções bíblicas sobre família, casamento e ideologia de gêneros.
Caso a referida igreja mantenha sua decisão, somos favoráveis ao seu desligamento do rol das igrejas filiadas à CBB, obedecendo todo o rito processualístico regido por seus documentos, uma vez que fere os princípios da Declaração Doutrinária vigente, adotada pela Convenção Batista Brasileira.
Ressaltamos que a principal base legal que deve respaldar tal decisão seja as Escrituras Sagradas, em detrimento a qualquer outro documento ou ideologia.
Solicitamos uma resposta desta diretoria sobre as medidas tomadas quanto ao assunto.
“Na presença de Deus e de Cristo Jesus, que há de julgar os vivos e os mortos por sua manifestação e por seu Reino, eu o exorto solenemente: Pregue a palavra, esteja preparado a tempo e fora de tempo, repreenda, corrija, exorte com toda a
paciência e doutrina”. 2 Timóteo 4:1,2

Cordialmente,

Pela Coalizão Batista Conservadora, subscreve-o:
1. Pr. João Marcos Mury Aquino – Igreja Batista Riviera - Macaé
2. Marcos Henrique Victorino Gandra – Igreja Batista Cachoeiro em Cardoso Moreira
3. Pr. Zacarias Chaves da Silva – Igreja Batista Parque Gurus – Campos dos Goytacazes
4. Ronan Pinheiro Stellet – Terceira Igreja Batista em São Fidélis
5. Pr. Joaquim José da Costa Dias – Igreja Batista em Santa Cruz – Nova Friburgo
6. Pr. Everson Chaves Silva- Primeira Igreja Batista em Nova Angra- Angra dos Reis
7. Pr. Jorge Henrique Sypriano - Igreja Batista Riviera - Macaé
8. Pr. Dinelcir de Souza Lima - Pastor - Igreja Batista Memorial de Bangu – Rio de Janeiro
9. Pr. Francisco de Assis Pereira de Lima - Igreja Batista Vila Pastor Salvador Borges – São Fidélis
10. Pr. Sebastião Roberto Vaz Moreira – Igreja Batista Central de Cardoso Moreira
11. Pr. Marcelo Dias Amaral. Primeira Igreja Batista em Raposo – Itaperuna
12. Pr. Geliel Neto Silva- Terceira Igreja Batista de Aperibé
13. Pr. Saury Alvarenga dos Santos - Primeira Igreja Batista em Itaocara
14. Pr. Marcelo da Silva Bologna - Segunda Igreja Batista em São Fidélis
15. Pr. Alex Cordeiro Machado Moreira - Quinta Igreja Batista de Nova Friburgo
16. Pr. Rumenique Oliveira da Silva. Pastor da Primeira Igreja Batista em Trajano de Moraes
17. Douglas Santos Tomé – Igreja Batista Cachoeiro em Cardoso Moreira
18. Pr. Ronem Rodrigues do Amaral - Igreja Batista Central de Italva
19. Pr. Ezequias Amancio Marins, Igreja Batista Central em Japuiba - Angra dos Reis
20. Pr. Jonazelton Nogueira da Silva. Quarta Igreja Batista em Cardoso Moreira
21. Pr. Cremilson Rezende Meirelles - Primeira Igreja Batista em Manoel Corrêa, Cabo Frio
22. Pr. Alceir Faria Pereira – Igreja Batista Parque Guarus – Campos dos Goytacazes
23. Pr. Adriano Faria - PIB em Sampaio Corrêa – Saquarema
24. Pr. Anderson dos Santos - Congregação Batista na Terra Prometida (Igreja Batista em Parque Guarus) - Campos dos Goytacazes
25. Sebastião Max dos Santos Macedo – Igreja Batista Jardim do Senhor – São Fidélis
26. Werveton Mury Campos – Igreja Batista Jardim do Senhor – São Fidélis
27. Pr. Heber Gonçalves Cunha – Segunda Igreja Batista em Cambuci
28. Gilberto de Araujo Prado – Segunda Igreja Batista em Cambuci
29. Pr. Jerri Adriani Soares Gandra – Igreja Batista Cachoeiro em Cardoso Moreira
30. Pr. Isaías Alves Machado – Igreja Batista Parque Rio Branco – Campos dos Goytacazes
31. Rodrigo Mendes Faria – Igreja Batista em Parque Guarus – Campos dos Goytacazes
32. Pr. Jonas Braga Azeredo – Igreja Batista Venda Nova – Campos dos Goytacazes
33. Josué de Andrade Leite – Igreja Batista Central em Barra Mansa